pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Congresso de Oceanografia comemora 40 anos do curso da Furg e os 30 do Tamar

02/06/2010 - O Projeto Tamar/ICMBio participou do IV Congresso Brasileiro de Oceanografia, realizado em Rio Grande (RS). O evento comemorou os 40 anos de criação do primeiro curso de oceanografia no Brasil, da Furg. Leia mais. ↓

O Projeto Tamar/ICMBio participou em maio (17-21) do IV Congresso Brasileiro de Oceanografia, realizado em Rio Grande (RS), com cerca de 2.200 pesquisadores inscritos, do Brasil e do exterior. Aconteceram mais de 30 minicursos e cursos técnicos e 32 mesas-redondas e workshops, com 195 palestrantes. O evento comemorou os 40 anos de criação do primeiro curso de oceanografia no Brasil, oferecido pela Furg-Fundação Universidade do Rio Grande, onde foram lançadas as bases dos programas brasileiros de conservação marinha.

Para marcar a data foi publicado livro com todas as turmas retratadas - onde se incluem vários integrantes do Tamar, inclusive os fundadores - como parte da história da universidade. No final dos anos 70, alunos da oceanografia fizeram expedicões pela costa brasileira e iniciaram os projetos Tamar e Peixe-Boi Marinho; também ajudaram a fomentar a criação da Reserva Biológica do Atol das Rocas e depois os parques nacionais de Abrolhos e Fernando de Noronha, entre outras unidades marinhas.

Convidados pela organização do congresso, Guy e Neca Marcovaldi, fundadores e atuais dirigentes do Tamar, fizeram palestra relatando os 30 anos de atividades do Projeto, completados agora em 2010. Com a platéia lotada, descreveram um pouco da história do Tamar para os pesquisadores e conservacionistas iniciantes, além de recordar com os velhos companheiros o início da jornada.

O oceanógrafo Joca Thome, também ex-aluno da Furg e atual coordenador do Tamar no Espírito Santo, representou o Projeto na mesa redonda sobre espécies ameaçadas e educação ambiental. Vários trabalhos cientificos foram apresentados relatando as atividades do Tamar para conservação das tartarugas marinhas no Brasil. Também foi montado estande com exposição de fotografias sobre as espécies que ocorrem no Brasil e as acões do Projeto no país.

A equipe do Tamar no Congresso de Oceanografia foi integrada ainda por Fernando Fiedler, de Santa Catarina; Geraldo de França Ottoni Neto e a coordenadora regional de São Paulo, oceanógrafa Berenice Gallo, que apresentaram o painel Interação entre as Tartarugas Marinhas e a pesca de emalhe em Ubatuba/SP; e Thereza Damasceno, coordendora técnica do Ceará, que apresentou trabalho sobre telemetria e interação com as pescarias no Estado.

Tartaruga de couro ou gigante

Oceanário de Aracaju - SE

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras