pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Base de Floripa faz soltura de filhotes de cabeçuda

28/02/2011 - A equipe do Projeto Tamar organizou uma soltura pública que acabou se transformando em um grande evento, com participação de 250 pessoas, aproximadamente, e a cobertura de jornais e emissoras de TV. ↓

A base do Tamar em Florianópolis/SC acaba de lançar ao mar filhotes de tartaruga cabeçuda (Caretta caretta) nascidos na praia do Campeche, em fevereiro, sob sua proteção – uma ocorrência rara nessa região do país. A equipe do Projeto organizou uma soltura pública que acabou se transformando em um grande evento, com participação de 250 pessoas, aproximadamente, e a cobertura de jornais e emissoras de TV.

Segundo a bióloga Juçara Wanderlinde, coordenadora regional do Tamar em Santa Catarina, esta espécie possui como área regular de desova o litoral entre os Estados do Rio de Janeiro e Sergipe. Mas, embora raro, este não é o primeiro registro de desova de tartarugas marinhas no sul do Brasil, cujas águas são naturalmente áreas de alimentação e passagem desses animais. Há casos, em anos anteriores, relatados por moradores, outros pesquisadores e a imprensa.

Por volta das 18:30h do dia 7 de fevereiro, a base do Tamar recebeu ligação do posto de salva-vidas localizado em frente ao loteamento Novo Campeche, informando o nascimento de tartarugas marinhas. Pesquisadores do Projeto foram ao local e confirmaram como sendo filhotes da espécie Cabeçuda (Caretta caretta). Uma parte das tartaruguinhas já havia seguido para o mar, antes da equipe chegar. O restante foi levado para a base, onde os filhotes ficaram em observação, até a soltura ao mar.

Tartaruga de couro ou gigante

Ubatuba - SP

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras