pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Rede BIOMAR realizou visita técnica no ES e Workshop de Educação Ambiental no RJ

20/04/2015 - Encontros foram oportunidades para compartilhar experiências e planejar ações. Leia mais. ↓

Rede BIOMAR realizou visita técnica no ES e Workshop de Educação Ambiental no RJ

Nascimento de filhotes foi acompanhado pelos coordenadores

Com o tema "Conservação-Comunidade-Sustentabilidade", realizou-se nas bases do Tamar no Espírito Santo, entre os dias 5 e 7 de março de 2015, a  2a Visita Técnica da Rede BIOMAR com os projetos de conservação marinha patrocinados pelo Programa Petrobras Socioambiental. Nos dias 17 a 19 de março, o Tamar também participou do Workshop de Educação Ambiental da Rede BIOMAR, organizado pelo Projeto Albatroz, em Cabo Frio/RJ. Os eventos foram oportunidades para coordenadores dos projetos Tamar, Albatroz, Baleia Jubarte, Golfinho Rotador e Coral Vivo compartilharem experiências e colaborarem com o fortalecimento dessa importante parceria para a conservação marinha no Brasil.

A visita técnica começou no Centro de Visitantes do Tamar Vitória, onde o grupo de coordenadores conheceu o espaço e as atividades desenvolvidas com o público. Depois, na Terra Indígena de Comboios, foi recebido com uma exposição de produtos artesanais com miçangas (colares, pulseiras, etc.) e pequenos bichos de tecido feitos pelas índias parceiras das lojas do Tamar. Em Regência, uma visita guiada pela Confecção Tamar, criada em 1990 para proporcionar oportunidades de trabalho e renda para a comunidade local. Foram mostradas as etapas da produção das roupas, os cuidados com a água, com a filtragem e descarte dos subprodutos da estamparia. O grupo conheceu também o Centro Ecológico de Regência, passando pela Trilha do Porto Histórico e pelo Museu Histórico de Regência.

Em Povoação, os coordenadores conheceram a Escola Prof. Urbana Penha Costa e as atividades escolares, instalações, um pequeno museu, horta comunitária e como tudo isso está ligado à conservação das tartarugas. Na base de pesquisa do Tamar, viram o trabalho de monitoramento e proteção dos ninhos e o nascimento de tartarugas-cabeçudas (Caretta caretta), sob a lua cheia, com a liberação de cerca de 100 filhotes ao mar. A visita técnica terminou na sede da REBIO Comboios. Para os integrantes da Rede BIOMAR, a visita superou as expectativas. “A experiência do Tamar no tema específico da visita, a seriedade, competência e comprometimento de todos da equipe, que nos receberam com enorme hospitalidade, certamente contribuíram com o aprimoramento de cada Projeto participante”, relatou Débora Pires, coordenadora do Projeto Coral Vivo.

Educação Ambiental - A proposta do Workshop de Educação Ambiental da Rede BIOMAR, que aconteceu no Rio de Janeiro, foi compartilhar experiências dos educadores ambientais para construir coletivamente uma publicação que auxilie educadores de todo o país no desenvolvimento de atividades focadas na conservação marinha. Além das reuniões para a construção da publicação, os representantes dos projetos também foram convidados a participar de uma roda de conversa com os alunos da Universidade Veiga de Almeida, que sediou o evento.

A coordenadora de inclusão social e educação ambiental, bióloga Valéria Rocha, mostrou que as ações educativas do Projeto Tamar são adaptadas à diversidade de contextos naturais, sociais e culturais das 25 localidades onde o Tamar atua. Salientou que ao longo dos 35 anos de atuação do Projeto, mudanças ocorreram no contexto das populações de tartarugas marinhas, e apesar de antigas ameaças como o abate para o consumo da carne e a coleta de ovos terem sido bastante reduzidas, novas ameaças surgiram como o desenvolvimento costeiro desordenado nas áreas de desova e as capturas incidentais por pescarias costeiras e oceânicas. Neste cenário, novas ações de educação ambiental integradas às iniciativas de inclusão social e valorização cultural foram direcionadas a públicos específicos como usuários de praias, empreendedores, atores das pescarias costeiras e oceânicas. "O Tamar prioriza o envolvimento de novas gerações, crianças e jovens, na busca por assegurar a conservação das tartarugas marinhas a longo prazo", explica Valéria.

O resultado do Workshop foi bastante positivo, avalia a bióloga do Tamar, com a criação de uma agenda de trabalho envolvendo as equipes de educadores dos cinco projetos da Rede Biomar. A publicação deve ser finalizada e disponibilizada até dezembro de 2015.

Tartaruga de couro ou gigante

Fernando de Noronha - PE

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras