pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Tamar realizou seu 8º Workshop Bahia/Sergipe

30/06/2015 - Troca de experiências e conhecimentos técnico-científicos para a proteção das tartarugas marinhas. Leia mais. ↓

O encontro entre os pesquisadores do Projeto Tamar Bahia e Sergipe acontece há oito anos para troca de experiências e conhecimentos técnico-científicos com as equipes dessas regionais e convidados. No final de maio de 2015, quarenta pessoas ao todo participaram e apresentaram as mais recentes pesquisas, ações de proteção e resultados para a conservação das tartarugas marinhas nesses dois estados do nordeste brasileiro onde ocorre mais de 95% das desovas das espécies tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta) e tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea).

Temas abordados nesta oitava edição trataram sobre: Tartarugas Marinhas e Mudanças Climáticas; Resultados parciais do deslocamento das fêmeas através de rastreamento por satélite de tartaruga-cabeçuda e tartaruga-oliva e filhotes de tartaruga-cabeçuda e tartaruga-de-pente (BA e SE); Caracterização das áreas de uso da espécie tartaruga-oliva (SE); Fotopoluição (RJ); Monitoramento da pesca na foz do Rio Doce (ES); Mitigação da interação da pesca artesanal em Ubatuba com as tartarugas (SP). Para o coordenador do Tamar na Bahia, Gustave Lopez, a oportunidade foi muito bem aproveitada por todos e a grande mensagem do encontro deste ano foi que muitas soluções simples e criativas, com resultados eficazes para conservação das tartarugas, podem e devem ser resgatadas.

O encontro aconteceu com o apoio essencial do Iberostar, que forneceu toda a infraestrutura necessária para reunir tanta gente. Desta vez, a programação foi além da sala reunião e no segundo dia foram organizadas participações em atividade de pesquisa através de captura intencional de tartarugas marinhas, que ocorre na Praia do Forte-BA, e visita à Escolinha do Tamar em Arembepe-BA, à creche Finn Larsen e ao Programa Especial de Educação Ambiental e Inclusão Social Tamarzinhos (PF-BA). Para César Coelho, coordenador do Tamar Sergipe, é muito importante este olhar do todo, pois as diversas pesquisas, além de poderem ser compartilhadas e aplicadas em outras áreas, tem sido trabalhadas de forma integrada e assim potencializados seus resultados.

Tartaruga de pente ou legítima

Praia do Forte - BA

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras