pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Já é Primavera nos Museus a Céu Aberto da Tartaruga Marinha!

16/09/2015 - De 21 a 27 de setembro, participe da programação especial no TAMAR. Leia mais. ↓

Com o tema 'Museus e Memórias Indígenas', a  9 ª edição da Primavera dos Museus vai de 21 a 27 de setembro de 2015. Entre as 809 instituições que participarão do evento em todo o Brasil estão alguns dos centros de visitação do Projeto TAMAR. Todos os anos, os Museus a Céu Aberto da Tartaruga Marinha integram a programação do Instituto Nacional de Museus (IBRAM). Este ano, exposições e atividades especiais vão mostrar um pouco do trabalho de conservação em terras de povos indígenas que trabalham para proteger as tartarugas marinhas.

Quando o TAMAR realizou o primeiro levantamento para identificar a presença das tartarugas marinhas no país, também conheceu comunidades tradicionais com seus costumes, culturas e formas de relação social com o meio ambiente. Constatou que muitas delas, incluindo as indígenas, tinham a tartaruga como fonte de alimento e matéria-prima para confecção de objetos. Como estratégia de conservação, os pesquisadores buscaram alternativas para diminuir a pressão humana sobre as tartarugas, principalmente através do artesanato com motivos marinhos, que se tornou fonte de trabalho e renda para as famílias de pescadores. A tartaruga marinha passou a ser mais valiosa viva do que morta. 

Na 9ª Primavera de Museus, venha para o TAMAR conhecer as memórias, o presente e o futuro das gerações indígenas que atuam na conservação das tartarugas marinhas no Brasil. Confira a programação:

Praia do Forte

Clique p/ ampliar o cartaz.

Oceanário de Aracaju

Florianópolis

Ubatuba

TAMAR - Criado há 35 anos, o Projeto TAMAR é uma cooperação entre o Centro Tamar/ICMBio e a Fundação Pró-TAMAR. Trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, todas ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta), tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), tartaruga-verde (Chelonia mydas), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea). Protege cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 25 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina.

Reconhecido internacionalmente como uma das mais bem sucedidas experiências de conservação marinha do mundo, seu trabalho socioambiental, desenvolvido com as comunidades costeiras, serve de modelo para outros países. O Projeto TAMAR tem o patrocínio oficial da PETROBRAS, através do programa PETROBRAS Socioambiental; conta com o apoio do Bradesco, e nos nove estados brasileiros onde atua recebe diversos apoios locais.

Tartaruga de couro ou gigante

Fernando de Noronha - PE

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras