pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Escolinha do Tamar em Arembepe é selecionada para participar do Criança Esperança

20/05/2016 - O recurso já tem destino e vai ajudar muito! Leia mais. ↓

O Projeto Tamar e a Unesco, através do Criança Esperança/Rede Globo, acabam de firmar nova parceria para o ano de 2017 com o objetivo de complementar e fortalecer as ações do Programa Escolinha do Tamar, em Arembepe/Camaçari, litoral norte da Bahia. É a quarta vez que o Tamar e a Unesco atuam juntos, desde a criação da Escolinha em 2005. O recurso já tem destino: um novo carro e uma cozinha mais adequada para a preparação da merenda.

Participar do Criança Esperança desta vez permitirá adquirir um veículo mais apropriado para o transporte de materiais nos dias de aula, de equipamentos, vestimentas e cenários usados nas apresentações de valorização cultural dos alunos, explica a bióloga coordenadora das atividades da Escolinha do Tamar, Manuela Borja. Tão importante quanto a aquisição do veículo é a construção de uma cozinha, que será toda equipada e terá espaço amplo e adequado para a preparação da merenda para as 60 crianças atendidas todos os anos.

As aulas são gratuitas, 3 vezes por semana, e por um período de 3 horas, em horário oposto ao da escola regular, condição para as crianças participarem das diversas atividades oferecidas. Tem horta comunitária, viveiro de mudas nativas, oficinas de arte, capoeira, danças regionais, futebol e percussão. A Escolinha recebe da Fundação Pró-Tamar apoio organizacional e logístico. Mais de 600 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social já foram atendidos desde a sua criação.

  

Arembepe foi uma das primeiras bases de pesquisa do Tamar. Originalmente, era chamada Base de Interlagos, pois toda ação de proteção às tartarugas marinhas na região começou por iniciativa dos moradores do condomínio que leva esse nome. Na época, por volta de 1983, as atividades de campo se restringiam aos quatro quilômetros de praia em frente ao condomínio e todas as desovas eram removidas para um trecho de praia mais protegido. Em 1992, a base foi transferida definitivamente para Arembepe, protegendo 47km de praia, onde foi instalado o Centro de Educação Ambiental, que recebe aproximadamente três mil visitantes/mês, com destaque para os estudantes das escolas de Salvador e região metropolitana.

Projeto Tamar - Criado há 35 anos, o Projeto Tamar é uma soma de esforços entre a Fundação Pró-Tamar e o Centro Tamar/ICMBio. Trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, todas ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta), tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), tartaruga-verde (Chelonia mydas), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea). Protege cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 25 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Reconhecido internacionalmente como uma das mais bem sucedidas experiências de conservação marinha do mundo, seu trabalho socioambiental, desenvolvido com as comunidades costeiras, serve de modelo para outros países. O Projeto Tamar tem o patrocínio oficial da Petrobras desde 1983, através do programa Petrobras Socioambiental, e nos nove estados brasileiros onde atua recebe diversos apoios locais.

Tartaruga Oliva

Vitória - ES

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras