pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Cultura, arte e conservação de tartarugas marinhas em Sergipe

08/12/2016 - O 26º Culturarte foi uma linda celebração das tradições e conquistas da comunidade em Pirambu. Leia mais. ↓

Nos dias 2, 3 e 4 de dezembro aconteceu a vigésima sexta edição do Culturarte, Festival de Cultura, Arte e Conservação, evento realizado anualmente pela comunidade de Pirambu com o apoio do Projeto TAMAR e da Prefeitura. Centenas de pessoas de várias idades se reuniram com o objetivo de celebrar a cultura popular e levar a mensagem da conservação das tartarugas marinhas através do som do berimbau, dos chocalhos, do batuque e dos bacamartes. Foram três dias intensos de atividades e muitos "causos" para contar, ideias para mostrar, os mais velhos ensinando os mais jovens, os mais jovens ensinando os mais velhos, e todo mundo atento e concentrado para interpretar, dançar e cantar as histórias que vem do mar.

A programação iniciou com uma soltura de filhotes de tartarugas marinhas, depois seminários no Clubinho das Tartarugas, oficinas nas escolas do município e na confecção do TAMAR. As tradicionais apresentações musicais e artísticas revelaram a diversidade da cultura local e o talento das gerações de famílias que vivem em Pirambu. O cortejo de grupos folclóricos encerrou o evento pelas ruas da cidade com apresentações no Largo do Culturarte e a aguardada roda de capoeira com o grupo Unidos nas Tartarugas e convidados. Através da música, dos discursos, da ginga, dos sorrisos e das memórias dos antigos moradores, a comunidade cantou, dançou, botou a mão na massa, suou, vibrou e celebrou mais uma vez a conservação das tartarugas marinhas e a riqueza da cultura local. "Mais uma missão cumprida, cheia de alegria e envolvimento de muitos… A batida do berimbau ecoado na cabaça reflete toda a energia e ginga dos participantes; as fitas coloridas penduradas nos chapéus e vestimentas deram o tom do encontro, que nos renova de esperança para preparamos o próximo! Parabéns a todos e todas por este momento de celebração tão lindo da nossa cidade e região", disse César Coelho, coordenador do TAMAR em Sergipe.

Valeu, galera! Ano que vem tem mais!

Leia alguns depoimentos de quem participou:

Luiz Teles da Silva, Pirambu-SE, representante da comunidade, "O 26° Culturarte foi um encontro e reencontro de amigos brincantes e parceiros da cultura popula. Ver a comunidade envolvida e motivada para ajudar e manter o encontro vivo foi algo gratificante. Desde as reuniões para planejar e pensar o evento, tudo na maior harmonia e pensamentos sintonizados, o engajamento dos jovens chamados de voluntários, a sabedoria paciência e discernimento de quem estava à frente regendo em comunhão com órgãos públicos e privados bem como sociedade civil, só deram mais força nas atividades. Soltura de filhotes de tartaruga, diversas oficinas, apresentações artísticas, o cortejo com grupos folclóricos pelas ruas da cidade, todos com uma só mensagem, manter viva a nossa cultura e preservar o meio ambiente é uma missão apaixonante e fazer parte de tudo isso mais uma vez, é um arrimo para a vida."

Ederson Luiz, Ponta dos Mangues-SE, biólogo do TAMAR, "Para mim foi mágico. Não tenho palavras para expressar tamanha alegria e gratificação em conduzir esse admirável evento juntamente com a comunidade de Pirambu, em especial minha companheira amada Laíse. Ao mesmo tempo, todos nós fomos contemplados pelas tartarugas marinhas...ufaa... foram mais de mil registros só por essas bandas do nordeste... mais de 3 mil indivíduos (pessoas e tartarugas) celebrando o ciclo da vida. Venho realizando eventos de capoeira a mais de 10 anos, participando do Culturarte desde 2007, e sem dúvidas esse Encontro de Cultura, Arte e Conservação marcou profundamente a minha vida. Foi um verdadeiro gesto de amor!"

Alexandre, Ponta dos Mangues-SE, trainee:
"Evento muito significativo para todos, tanto para a comunidade local, quanto para pessoas de fora. Ficou claro a espontaneidade e alegria de todos os envolvidos, direta ou indiretamente... tudo o que se via eram pessoas de todas as idades participando e se divertindo. Muito boa também a oportunidade de, a cada ano, novas pessoas poderem contribuir de alguma forma, e também de vivenciar o evento a cada instante".

Caroline, Ponta dos Mangues-SE, trainee:
"Um evento genuíno como este representou a grande diversidade cultural que existe nas terras sergipanas. Todo o encantamento e entusiasmo foram representados de forma simples, alegre e dinâmica, com muitas cores, danças e música, conseguindo envolver todas as pessoas que estavam presentes nessa magnifica manifestação de vida".

Tartaruga Oliva

Regência - ES

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras